Pesquise aqui o assunto que você procura:

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Mais de 4.500 itens sumiram da Presidência desde que Dilma assumiu

Nos últimos dias o TCU já havia determinado ao Palácio do Planalto que os presentes recebidos pelos presidentes da República fossem incorporados ao patrimônio da União


SÃO PAULO - O TCU (Tribunal de Contas da União) apurou o desaparecimento de 4.564 itens do patrimônio da União que estavam na Presidência da República entre 2010 e 2016, ou seja, enquanto Dilma Rousseff era presidente. Isso representa mais de dois sumiços por dia nestes seis anos. As informações são da coluna Radar On-line, da Veja. 

Apesar da fiscalização exercida por inúmeros agentes de segurança, o relatório aponta que o desaparecimento desses itens "representa sistemático desvio do patrimônio público e o retrato indelével da incapacidade de apuração dos fatos".

Nos últimos dias o TCU já havia determinado ao Palácio do Planalto que os presentes recebidos pelos presidentes da República fossem incorporados ao patrimônio da União desde a edição de um decreto de 2002. 

Com isso, alguns presentes recebidos por Lula e Dilma passariam a ser considerados itens da União. O tribunal deu o prazo de 120 dias para a identificação de 568 presentes recebidos por Lula e 144 itens por Dilma, considerados erroneamente como propriedade pessoal. 

A determinação do órgão foi encaminhada à Secretaria de Administração da Presidência da República e ao Gabinete Pessoal do presidente Michel Temer e vale para todos os documentos e presentes recebidos pelos presidentes anteriores que não sejam de natureza "personalíssima", como medalhas, ou de "consumo direto", como bonés e camisetas.
(Fonte: InfoMoney)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou disso? Comente: